terça-feira, 21 de junho de 2016

ATINGIMOS A META!


O blog Gol de Pauta desde o dia 05 de maio até o dia 10 de junho solicitou a ajuda de todos para transformar o blog em um portal. Após pouco mais de um mês e muitas colaborações, nós viemos informar que a meta foi atingida e poderemos colocar em prática nosso novo projeto.
 
Agradecemos a ajuda de todos que contribuíram, a todos que curtiram e compartilharam as publicações que, de certa forma, também nos ajudaram para que este objetivo fosse atingido. Os próximos dias serão de muito trabalho, para que tudo saia conforme o planejado até a primeira rodada da Suburbana 2016. 

Para a cobertura do principal campeonato amador do nosso estado iremos interromper as atividades desta página e iniciar os trabalhos no Portal Gol de Pauta. No novo espaço contaremos com maior interatividade e atrações para todos que acompanham o futebol amador paranaense.

Acompanhem as movimentações e novidades em nossa página do Facebook e no Instagram, e em breve, não percam o grande lançamento do Portal Gol de Pauta. 


Obrigado a todos e que venha a Suburbana!



sábado, 18 de junho de 2016

FANÁTICO CAMPEÃO DA TAÇA PARANÁ 2016!

O Tricolor da Baixada foi campeão após vencer o rival Internacional por 1 a 0 na tarde deste domingo (12), no Estádio Ângelo Antonio Cavalli, em Campo Largo. Com o troféu o Fanático chegou a oito conquistas da Taça Paraná e se isolou ainda mais no ranking dos maiores campeões. Além do primeiro lugar, o Tricolor conquistou o prêmio de artilheiro, com Marcelo Tamandaré, e do goleiro menos vazado, com Pijama. 


domingo, 12 de junho de 2016

COM GOL SOLITÁRIO DE LUISINHO NETO, FANÁTICO CONQUISTA BICAMPEONATO DA TAÇA PARANÁ

O charmoso clássico de Campo Largo entre Fanático e Internacional foi a grande final da 53ª Taça Paraná. A competição que nesta temporada reuniu apenas quatro equipes teve sua decisão realizada na tarde deste domingo (12), no Estádio Ângelo Antonio Cavalli. Após vencer o primeiro confronto da final por 1 a 0, o Tricolor poderia até perder por um gol de diferença, entretanto confirmou mais uma vitória pelo placar mínimo e garantiu o título da competição pelo segundo ano consecutivo.

Com o troféu o Fanático chegou a oito conquistas da Taça Paraná e se isolou ainda mais no ranking dos maiores campeões, agora com dois títulos de vantagem em relação ao rival Alvinegro. Além do primeiro lugar, o Tricolor conquistou o prêmio de artilheiro com Marcelo Tamandaré e teve o goleiro menos vazado, Pijama. 


GOL NO FINAL DE LUISINHO NETO GARANTE FESTA COMPLETA DO TRICOLOR

Na tarde fria de Campo Largo, as torcidas de Fanático e Internacional marcaram presença no Estádio Ângelo Antonio Cavalli, neste domingo (12) para prestigiar a decisão da Taça Paraná. Com a vitória na partida de ida por 1 a 0, os mandantes tinham a vantagem e buscavam pelo segundo ano consecutivo soltar o grito de é campeão dentro de casa.

Na primeira etapa os atletas não mexeram no placar e quem chegou mais perto foi o Fanático. Aos oito minutos Douglas carimbou a trave e aos 44 Altair acertou um belo chute da intermediária que explodiu no travessão. Já do lado do Inter as melhores oportunidades foram nas bolas paradas, entretanto o goleiro Rodrigo impediu o gol do Alvinegro.

Após o intervalo o duelo ganhou em emoção. Precisando de gols para conquistar o título o Inter voltou mais ofensivo, porém tinha dificuldades na finalização de jogadas. O Fanático controlava a partida e tinha maior posse de bola, mas também encontrava problemas para encontrar o último passe. 

Nos minutos finais o Alvinegro pressionou em busca do gol, porém quem marcou foi o Fanático. Após boa jogada pela direita, Marcelo Tamandaré encontrou Luisinho Neto dentro da área que com categoria mandou a bola para o fundo das redes. Com o gol aos 43 minutos do segundo tempo, o experiente atleta aliviou o torcedor que acompanhava das arquibancadas e pode enfim soltar o grito de É CAMPEÃO. Sem força para reação, o Inter amargou o segundo lugar.

Ficha técnica da partida:

Fanático 1 x 0 Internacional
Local: Ângelo Antônio Cavalli, Campo Largo.
Data/Horário: 12/06/2016, às 15h30

Árbitro: Rodolpho Toski Marques.
Assistentes: Weber Felipe Silva e Fabrício da Silva Martins.

Fanático: Rodrigo; Everson (Luisinho Neto), Douglas, Emerson e Marabá (Felipe Caron); Aderaldo, Aroldo (Adan), Altair (Magú) e Massai; Marcelo Tamandaré e Luciano (Romarinho, depois Willian). Técnico: Juninho.

Internacional: Adeílson; Jefinho, Igor, João Victor e Gasosa (Nano); Ritiely, Dinho e Tobias (Greg); Feijão, Dionata e Ioiô (Mineiro). Técnico: Pepo.

Gol: Luisinho Neto, aos 43' do 2º tempo.

Cartões Amarelos: Everson, Aderaldo e Massai (Fanático); Ritiely, Tobias e Dionata (Internacional).

Acompanhe o conteúdo exclusivo da final em nossa página do facebook.

Equipe Gol de Pauta
Guilherme Becker

sábado, 11 de junho de 2016

NO QUARTO CLÁSSICO DA TAÇA PARANÁ, INTERFAN DEFINE CAMPEÃO NESTE DOMINGO (12)


A grande final da 53ª edição da Taça Paraná será realizada neste domingo (12). A partir das 15h30, Fanático e Internacional, ambos de Campo Largo, estarão em campo no Estádio Ângelo Antonio Cavalli para disputar a segunda partida da decisão. Na semana passada, no duelo válido pelo primeiro confronto da final, o Fanático levou a melhor e venceu o Inter por 1 a 0, no território do adversário. 

Este será o quarto encontro entre os rivais nesta edição da Taça Paraná e por enquanto o Fanático leva a melhor. Nos três clássicos já realizados o Tricolor venceu dois e empatou um. Além dos bons resultados diante do Inter, o Fanático segue invicto na disputa da competição. Em sete jogos o time acumula cinco vitórias e apenas dois empates. Já o Alvinegro teve uma campanha irregular e conta com três vitórias, um empate e três derrotas. No clássico disputado no Angelo Cavalli, válido pela primeira fase, o confronto terminou empatado em 2 a 2.

Com a melhor campanha na primeira fase e a vitória no primeiro jogo da final por 1 a 0, o Fanático conta com a vantagem na partida decisiva. O Tricolor pode até perder por 1 a 0 que garante o título da Taça Paraná. Já o Inter terá que vencer por no mínimo 2 gols de diferença para garantir o troféu da competição. O regulamento do torneio não prevê disputas de pênalti.

Para comandar a partida, Rodolpho Toski Marques será o responsável pelo apito e contará com os assistentes Weber Felipe Silva e Fabrício da Silva Martins.

Equipe Gol de Pauta
Guilherme Becker